Michelle Melo

“Quero colocar o meu mandato à disposição desses servidores e também já informo que atendendo ao pedido da categoria vamos apresentar o anteprojeto de lei complementar que busca modificar a lei Nª396 de 1 de abril de 2022, ano que o governador sancionou a mudança da tabela do PCCR dos servidores da educação,” explicou a parlamentar.

A solicitação para modificar a lei é baseada em estudos realizados pelo Sindicato que apontam a necessidade da revisão da tabela e o reestabelecimento dos cálculos anteriores ao ano de 2022.

A deputada afirmou que esse é um momento de reparação, reconhecimento e valorização da categoria.

“O que os trabalhadores da educação querem é respeito e valorização. Apenas com a valorização da educação teremos realmente um governo que investe nas crianças, no futuro, na justiça social e que trabalha em favor da igualdade. Enquanto isso estiver somente nas mídias como é a questão do prato extra que parece mais uma fake news para muitos aluno, infelizmente o governo vai estar pintando que cuida da educação, mas os trabalhadores e os alunos continuaram sofrendo com a desvalorização,” afirmou a deputada.

Dos poucos parlamentares que participaram das sessões durante essa semana o destaque ficou para a deputada estadual Dra. Michelle Melo, que usou a tribuna para defender as reivindicações dos servidores ativos e inativos da educação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *